Sexto Dia - Segunda-feira, 29 de junho de 1981

No sexto dia, segunda-feira, os jovens outra vez foram chamados a sede do município de Citluk pelas autoridades, e então foram enviados ao departamento neuro-psiquiátrico do Hospital Dr. Safet Mujic. em Mostar.

Esperava-se que os seis jovens fossem declarados mentalmente doentes, ou que estivessem tendo alucinações, ou qualquer outro problema. Foram feitos exames completos e minuciosos, e eles passaram pelas provas respondendo a todas as perguntas sem hesitação, de modo que o Dr. Mulija Dzudza os declarou completamente saudáveis..
 
Naquela noite, depois que retornaram para casa, os jovens tiveram outra visão da Virgem Maria. Os jovens então perguntaram inicialmente se ela estava feliz por aquelas pessoas estarem ali.
 
Ela respondeu com um sorriso significando que sim, que ela estava feliz com a presença de todos. Quando os jovens perguntaram quantos dias ela iria ficar com eles, ela respondeu: “Tantos quanto vocês desejarem”
 
A primeira cura a ocorrer em Medjugorje é relatada ter ocorrido no quinto para o sexto dia das Aparições, 28 de junho de 1981. Um menino de três anos chamado Daniel Setka foi trazido para o local da aparição foi recomendado a Nossa Senhora. , Seu estado era muito grave: era surdo-mudo.e vítima de uma espécie de paralisia infantil. Na noite de 28 de junho, ele foi levado até a colina em direção ao local da aparição por seus pais. Um dos videntes, ao apresentar o menino à Maria, falou: Os jovens perguntaram a Nossa Senhora, “ O pequeno, Daniel, jamais poderá falar? Por favor faça um milagre de modo que todos acreditem em nós. Estas pessoas a amam muito. Querida Nossa Senhora! Faça um milagre, olhe para ele. Querida Nossa Senhora! Diga algo. ” Os videntes relataram que Maria olhou com grande misericórdia para ele por cerca de um minuto , então disse: "Que [os pais] acreditem firmemente que ele será curado", e depois concluiu com: "Vão na paz de Deus." Após a Aparição, o primeiro sinal de uma cura ocorreu: no jantar, o menino bateu na mesa e declarou: "Dê-me uma bebida." No dia seguinte, ainda incapaz de andar, ele foi levado novamente para o local da Aparição, e A cerca de meio caminho da colina ele começou a andar por si mesmo. Enquanto subia ele foi ganhando mais força, ele começou falando palavras e, em seguida, subiu em cima de uma pedra e gritou: "Mamãe, olha, eu estou andando!"  Sua cura total seria declarada completa no mesmo dia.

"Queridos filhos! Este é um tempo de graças."