Cruz Azul



No pé da colina das aparições está a cruz azul. Foi colocada lá em 1985. Neste local o Grupo de Oração do vidente Ivan Dragiecevic se reúne regularmente desde 4 de julho de 1982.

 
Muitos peregrinos não estão corretamente informados sobre a história da Cruz Azul. Muitos pensam que a Cruz Azul está no local onde ocorreu a primeira aparição da Virgem Maria em Medjugorje. Outros também pensam que os videntes tiveram aparições junto à Cruz Azul depois que a eles foi proibido o acesso ao lugar das primeiras aparições na Colina das Aparições.
 
Durante o inicio das aparições o Podbrdo foi tomado por militares do Exército Comunista da Iugoslávia, pois o governo não acreditava nas aparições e procurava reprimir as manifestações favoráveis a elas. A Cruz Azul foi colocada num local que não foi percebido pelos militares comunistas. A colina das aparições ficou ocupada pouco tempo pelos militares, pois os milhares de peregrinos que visitavam o local das primeiras aparições ignoravam a proibição e não deixavam de ir lá. Os peregrinos continuaram a afluir aos milhares até que os militares desistiram da proibição e  deixaram o local.
 
Sobre as aparições junto à Cruz Azul a informação correta é que a primeira aparição junto a ela ocorreu no dia 27 de julho de 1982.
 
Um Grupo de oração foi formado e se encontrava regularmente no local das primeiras aparições, porém logo a polícia descobriu. E naquele dia 27 de julho quando o grupo se dirigia para o local das primeiras aparições Ivan de repente caiu de joelhos e ali teve a aparição de Nossa Senhora. No local desta aparição foi colocada a Cruz Azul. Naquela mesma tarde, Nossa Senhora disse para Ivan e o grupo não irem ao local das primeiras aparições porque os ‘anjos azuis’ (denominação da policia comunista) estavam lá esperando por eles. Eles faziam aquele caminho porque pensavam que não seriam descobertos.
 
Em 1982 um membro do Grupo de Oração estava construindo sua casa 200 metros abaixo do local onde hoje está a Cruz Azul. Hoje esta casa é a construção mais próxima da Comunidade Cenáculo formada por ex-dependentes de drogas.
 
Aquele membro do Grupo de Oração quis marcar o local onde o Grupo estava se encontrando colocando uma cruz no local. Assim ele e Ivan utilizando madeira que estava sendo usada na construção da casa construíram uma cruz de 2,5 metros. A fim de protegê-la dos efeitos da exposição das intempéries do tempo ela foi pintada de azul com tinta que Ivan trouxe de sua casa. Era a única tinta que Ivan tinha em casa e por isso foi pintada de azul.
 
Os peregrinos começaram a freqüentar o local e levavam velas. Um dia deixaram velas acesas muito próximas à cruz e ela foi queimada. Um peregrino italiano perguntou a Marija se ele poderia levar a cruz de madeira para sua casa e trocar por uma cruz idêntica feita de metal. Sua idéia foi aceita. Ele levou uma amostra de tinta da cruz de madeira e em laboratório obteve a reprodução da cor exata a fim de pintar a nova cruz de metal que é a que está lá até o dia de hoje.
 
O peregrino italiano arranjou o local em torno da área da Cruz Azul com as pedras que você vê lá hoje.
 
Ele ficou com a cruz original em sua casa e assim muitas pessoas vão lá para rezar junto a Cruz Azul de madeira. Certa vez ele ficou preocupado quando lhe perguntaram pela Cruz Azul original e ele pensou que de alguma forma poderiam querê-la de volta. Mas, não era esta a intenção. Também é importante que em sua casa as pessoas vão lá para rezar.
 
Tem havido muitas, muitas aparições junto à Cruz Azul. E junto a ela é o local mais próprio ao ar livre para os peregrinos que estão doentes, muito idosos ou impossibilitados para subir no Morro da Cruz (Krizevac) ou à Colina das Aparições (Podbrdo) porque ela está próxima à estrada e é muito fácil de se chegar até ela. E é também um local ideal para encontro  para o grupo de oração quando em Medjugorje não tem muitos peregrinos, especialmente no inverno. Até hoje as aparições ao Ivan ocorrem junto à Cruz Azul quando ele vem à Medjugorje. Porém, agora já há alguns anos o grupo de oração se encontra nas proximidades da Cruz Azul porque no local se tornou impossível o acesso ao Grupo devido ao grande número de peregrinos que se reúnem ao redor dela já muitas horas antes de uma aparição ocorrer.
 
A Cruz Azul tornou-se um local de encontro secreto do grupo de oração apenas por um curto tempo. O povo logo descobriu este local de oração porque à noite os cantos espirituais e de louvor do grupo podiam ser ouvidos de longe.  A polícia comunista tentou muitas vezes capturar o "grupo de fanáticos que andava pelas montanhas", mas eles nunca tiveram sucesso porque Nossa Senhora sempre o protegeu. Ela sempre que necessário interrompia para avisar a proximidade da polícia. Isto também ocorreu duas vezes no Morro da Cruz. Atualmente o grupo de oração se encontra num lugar secreto onde não há cantos. E assim mesmo se alguém nos ouve eles não nos interrompem.  
 
"A paz é um dom precioso de Deus. Procurem-na, peçam e a receberão. Falem da paz e levem a paz em seus corações."