22/04/2012

Enviado do Vaticano participou de Aparição à Marija na Sicília



30.000 pessoas participaram do encontro de oração

Noventa ônibus de toda Sicilia transportaram os peregrinos para Palermo onde um total de 30 mil pessoas acompanharam a Santa Missa e a Aparição de Nossa Senhora à vidente de Medjugorje Marija Pavlovic Lunetti no sábado 21 de abril de 2012.

A notícia correu de boca em boca e o evento que incialmente seria realizado no velódromo de Palermo teve que ser transferido para outro local. devido a estrutura do velódromo ser considerada pequena para receber o grande número de pessoas. O Estádio de La Favorita ficou superlotado com os 30 mil fiéis, 450 voluntários, 70 membros do clero e 100 ministros extraordinários da Comunhão que distribuiram a Eucaristia.

Após a Santa Missa o momento alto do encontro foi o testemunho de Marija Pavlovic Lunetti a vidente que recebe a Mensagem de Nossa Senhora para o mundo todos os dias 25 de cada mês. A abertura dos portões do estádio aconteceu em La Favorita às 14 horas, mas havia pessoas como Anna Romeo casa de 45 anos com um grupo de amigos e parentes, foi para o local de madrugada para estar entre os primeiros a entrar uma vez que os portões fossem abertos: "eu fui a Lourdes muitas vezes - diz ela - impulsionada por necessidades pessoais relacionados com a doença de um parente meu. Quando soube que existia um vidente em Palermo eu me senti como uma chamada. Eu não poderia perder. "

No palco montado no estádio de La Favorita, Palermo, ao lado de Marija Pavlovic, estava Giacoma Chiarelli, esposa do ex-Presidente da Sicília, que está cumprindo sete anos de prisão por cumplicidade com a  máfia. Chiarelli recitou o rosário e outras orações e se ajoelhou ao lado de Marija.

Um membro da Comissão Vaticana sobre Medjugorje participou em primeira mão a experiência de uma Aparição quando o padre Salvatore Perrella se uniu a multidão de 30.000 pessoas para a Aparição de Nossa Senhora a vidente Marija Pavlovic-Lunetti em Palermo, Sicília, relatou o jornal local il Fatto Nisseno.

Padre Perrella, que completou 60 anos em 16 de abril, é marioligista e um especialista sobre a vida, o papel e a teologia da Virgem Maria. Desde 2011 atua como reitor da Pontifícia Faculdade Teológica Marianum em Roma. Ele também é professor de teologia dogmática e ensinou em várias universidades católicas importantes na Itália. Saiba mais sobre a Comissão do Vaticano sobre Medjugorje.

 Como um evento incomum em Palermo, Marija será entrevistada por Riccardo Caniato, editor da revista  Studi Cattolici. A viagem de três dias de Marija começou na sexta feira na Catânia.

Marija em Brescelo - Itália - 15 de abril de 2012

"Nossa Senhora nos convida a voltar à Santa Missa e à confissão, mas esta  perante os sacerdotes e não com psicólogos. " disse a vidente de  Medjugorje Marija Pavlovic-Lunetti a uma multidão de pelo menos 700 pessoas que lotaram a igreja paroquial em Brescello, Itália, em 15 de abril de 2012. Quase o dobro do número de pessoas que assistiram a palestra de Marija e Aparição pública em uma tela gigante de fora da igreja, relatou o jornal regional, Il Resto del Carlino .

"A Virgem Maria sempre nos convida à oração, conversão, e para celebrar o Sacramento da Confissão: existe uma grande confusão no mundo, já não sabemos o que é bom e o que mal, e por isso precisamos de orientação de Deus" Marija acrescentou, de acordo ao jornal local La Gazzetta di Reggio.

Em Brescello, também, Marija advertiu contra o aborto, um tema que já havia levantado em suas Aparições públicas.

Marija falando em Brescello no Domingo da Divina Misericórdia disse: "Nossos avós e bisavós tiveram vários filhos. Eles não pensavam no aspecto econômico. Agora existem tantos abortos, separações, divisões nas famílias, porque não oram ", disse a vidente.

Marija disse à multidão a Virgem Maria não deu nenhuma mensagem em particular, mas deixou a nítida impressão de que ela teve um outro encontro muito agradável com Nossa Senhora.

"A Madonna sorriu, estendeu as mãos, e começou a rezar. Ela um longo tempo sobre todos nós. Ela não deixou uma mensagem, mas olhou para todos e nos deu sua benção. Quando eu a vejo, sinto um grande desejo de Paraíso. É tão doce e linda "Marija disse à multidão em Brescello.

"Em meio da multidão, o silêncio era total. Mesmo o tímido grito de um bebê parou em poucos segundos "Il Resto del Carlino escreve sobre o momento da Aparição de Marija com cinco minutos de duração.

La Gazzetta di Reggio observa que Brescello prefeito Giuseppe Vezzani estava presente, juntamente com outros políticos locais.

 
Marija na Sicília 21 de abril de 2012... 
 
Uma entrevista sobre Medjugorje com Pe Salvat... 
 
Marija em Brescelo - Itália 15/03/2012...