Voltar

Ivan e Jakov foram ouvidos em Roma

Os 2 videntes deram seu testemunho perante a Comissão do Vaticano para Medjugorje

(24 de fevereiro de 2012)  A experiente guia de Medjugorje Anita Pehar afirmou que a Comissão do Vaticano chamou aos videntes Ivan Dragicevic e Jakov Colo para serem questionados em 20 de fevereiro. O portal de notícias Bósnia-news  confirma a informação, acrescentando que Marija Pavlovic-Lunetti e Mirjana Dragicvevic-Soldo deveriam se juntar a eles, mas um 'porta-voz' de Mirjana nega que ela ou Marija foram chamadas de volta à Roma.

Os testemunhos dos videntes Ivan e Jakov Colo fizeram parte da agenda quando a Comissão do Vaticano para Medjugorje se reuniu em 20 de fevereiro em Roma, informou de Medjugorje a guia oficial de peregrinos Anita Pehar .

"A Comissão para Medjugorje vai se reunir amanhã, 20 de fevereiro em Roma. A reunião foi adiada por alguns dias devido à reunião do consistório dos Cardeais realizada desde sexta-feira (17/02) ", ela escreveu em seu blog, 'Medjugorje Web Journal'.

"Nós sabemos que Jakov e Ivan darão os seus testemunhos, mas eles não são únicos videntesde Medjugorje presentes em Roma no mesmo período de tempo" Anita Pehar também relatou.

Antes de 20 de fevereiro, o portal de notícias Dnevnik da Bósnia  também relatou  que Ivan e Jakov foram para depor na segunda-feira, e que as videntes Marija Pavlovic-Lunetti e Mirjana Dragicevic-Soldo também haviam sido chamadas.

Ambas videntes deram seu primeiro testemunho em Roma no final de novembro 2011, mas em 23 de fevereiro o intérprete oficial de Mirjana , o guia oficial de peregrinos Miki Musa, negou que Mirjana ou Marija tinham sido chamadas de volta para se reunirem com a Comissão do Vaticano.

Após as audiências de Jakov e Ivan, todos os seis videntes de Medjugorje já terão se apresentado ante a Comissão. Ivanka Ivankovic-Elez iniciou os testemunhos para a Comissão no começo de junho de 2011, seguido por Vicka Ivankovic-Mijatovic no início de outubro.

A Comissão apresentará as suas conclusões à Congregação vaticana para a Doutrina da Fé (CDF) antes do final de 2012 afirmou o Cardeal Vinko Puljic de Sarajevo membro da Comissão  numa conferência de imprensa em Roma, em 14 de fevereiro. Caberá à CDF que iniciou a investigação em 17 de março de 2010  emitir um relatório final ao Papa Bento XVI .

Anita Pehar destaca que, como todos os outros envolvidos com a Comissão, os videntes fizeram um juramento de silêncio. Mas ao observar os videntes, Anita Pehar pensa tem uma sensação positiva sobre como o trabalho está avançando em Roma:

"Quando olho para eles, como eles sorriem, eu acho que tudo deve estar indo bem."
 

Voltar